Balanced Scorecard na Educação – Estudos de Caso

Balanced Scorecard em UniversidadesUniversidades de todo o mundo utilizam o conceito do Balanced Scorecard. Eles aplicam o conceito a:

  • Processos internos
  • Pontuação dos estudantes
  • Propósitos educacionais

Nossos clientes da indústria educacional utilizam o BSC Designer como um software para demonstrar o conceito de Balanced Scorecard em prática para seus estudantes.

Como uma iniciativa para ajudar profissionais da educação a entenderem o conceito de Balanced Scorecard um pouco melhor, decidimos:

Casos de Estudo da Implementação do Balanced Scorecard

A Atlanta Public Schools Teve Sucesso Ao Utilizar o Balanced Scorecard

Balanced Scorecard da APSAntes de implementar seu balanced scorecard, o distrito de escolas públicas de Atlanta era um exemplo de tudo que há de errado com escolas públicas urbanas: baixas taxas de sucesso dos estudantes, baixa presença em aulas, falta de profissionais qualificados e prédios antigos e em estado de deterioração. No entanto, apenas dez anos após implementar um balanced scorecard, a Atlanta Public Schools se tornou um exemplo de um sistema excelente de educação urbana.

Embora a Atlanta Public Schools sempre tenha identificado objetivos estratégicos para melhorias, o balanced scorecard tornou estes objetivos tangíveis ao quantificar o progresso e fornecer medidas realistas dos resultados. O scorecard também permitiu aos administradores identificarem áreas onde os departamentos poderiam coordenar esforços para ajudarem os estudantes a terem mais sucesso.

Em sua implementação do balanced scorecard, o sistema escolar de Atlanta define seus objetivos estratégicos e então seleciona uma ou duas métricas para medir o progresso. As metas para estes Indicadores Chave de Performance (KPIs) são definidas e medidas estratégicas são agendadas e financiadas.

Administradores e educadores aceitaram o sistema do scorecard no distrito de Escolas Públicas de Atlanta. As pessoas gostam de enviar seus dados e revisar o balanced scorecard para verem onde seus esforços foram bem-sucedidos e onde as metas não foram alcançadas.

O distrito de Escolas Públicas de Atlanta utilizou seu balanced scorecard para transformar um distrito educacional fracassado em um sistema de referência. Para aprender mais sobre o uso do balanced scorecard pelas escolas de Atlanta, veja o artigo no site da American Association of School Administrators (Associação Americana de Administradores Escolares).

Navegação:

O Balanced Scorecard da Carleton University Melhora as Operações

Balanced Scorecard da CarletonA Carleton University em Ottawa, Canadá, implementou um balanced scorecard em seu departamento de Finanças e Administração. Utilizando um balanced scorecard detalhado, a Carleton consegue rastrear e gerenciar Indicadores Chave de Performance (KPIs) de forma eficaz no serviço ao consumidor, gestão de recursos da universidade, melhorias de processos e esforços de recursos humanos. Entre seus vinte e cindo indicadores estão a satisfação e segurança dos estudantes, resultados de operação financeira, benchmarking e rotatividade de funcionários.

Durante o ano acadêmico 2008-2009, a Carleton pôde fornecer uma revisão do progresso atual em relação aos seus objetivos baseados nos KPIs estruturados em seu balanced scorecard. Mais de 85% dos departamentos da universidade mostraram melhorias no serviço ao consumidor. A escola também pôde quantificar seu progresso com iniciativas de benchmarking, onde alguns projetos tiveram 77% de conclusão no fim do ano fiscal. Melhorias aos procedimentos estratégicos e operacionais também foram identificadas, com as mudanças desejadas em 67% a 100% de conclusão.

A implementação do conceito de balanced scorecard pela Carleton University fornece um exemplo excelente de como o monitoramento preciso de KPIs ajuda as universidades a quantificarem objetivos importantes e a avaliarem o progresso destes objetivos de forma realista. Em vez de confiar na interpretação subjetiva do progresso da universidade, a Carleton pode claramente e objetivamente definir onde os objetivos estão em relação à meta e onde esforços adicionais são necessários. Clique aqui para detalhes sobre a Carleton University e a implementação de seu balanced scorecard.

Navegação:

O Balanced Scorecard da Penn State Coordena Estratégias Efetivamente

Balanced Scorecard da Pennsylvania State UniversityO Centro de Qualidade e Planejamento da Pennsylvania State University desenvolveu seu balanced scorecard como uma forma de coordenar melhor o planejamento de atividades com as unidades operacionais. Ao combinar um mapa estratégico bem feito e um balanced scorecard criado com atenção, a Penn State pôde eliminar todo o desperdício de esforços ao assegurar de que todas as ações contribuem com o sucesso da universidade.

O mapeamento estratégico é uma parte importante da implementação do sistema de balanced scorecard da Penn State. Ao organizar os objetivos e estratégias da universidade visualmente, os gerentes conseguem entender facilmente os relacionamentos entre as atividades e os objetivos para os quais eles contribuíram. Adicionalmente, o mapa estratégico também ajuda os responsáveis pelas tomadas de decisões a escolherem as melhores métricas.

O balanced scorecard fornece as informações necessárias aos gestores e líderes para que eles analisem o progresso da universidade em direção aos objetivos definidos no mapa estratégico. A Penn State também utiliza o balanced scorecard para avaliar se a performance das unidades operacionais está no nível necessário para alcançar os objetivos da universidade dentro do prazo estabelecido.

KPIs financeiros, de tempo e satisfação apresentam uma imagem precisa de quão bem as funções de planejamento são traduzidas às atividades de linha de frente, como a delegação de trabalho, iniciativas de economia de custos e melhorias ao serviço ao consumidor.

O balanced scorecard da Penn State permite que a universidade assegure que o planejamento e operações estejam sempre trabalhando com o mesmo objetivo em mente. Para aprender mais, visite www.psu.edu.

Navegação:

A UCSF Utiliza o Balanced Scorecard Para Enriquecer a Vida no Campus

Balanced Scorecard da UCSFO Campus de São Francisco da Universidade da Califórnia (UCSF) foi além do uso típico administrativo do balanced scorecard para criar um scorecard que melhora a vida no campus para estudantes da UCSF. A UCSF implementou o balanced scorecard nos Serviços de Vida no Campus (Campus Life Services – CLS) para ajudar a alcançar seu objetivo de atrair os mais promissores estudantes da área de saúde para a universidade.
Os objetivos do CLS incluem um serviço ao consumidor de alta qualidade, serviços inovadores, integridade e diversidade. No entanto, a UCSF percebeu que a falta de medidas que de fato pudessem ser utilizadas dificultaram na hora de determinar se a universidade estava alcançando um progresso estratégico adequado em direção aos padrões desejados. O balanced scorecard fornece um método eficaz para o CLS avaliar a performance e atualizar suas estratégias quando necessário.

Para implementar o balanced scorecard, o CLS definiu métricas para as áreas de finanças clientes, processos internos e inovação/aprendizado. Benchmarks apropriados também foram determinados para permitir que a UCSF comparasse seu produto com o de sua concorrência e analisasse as taxas de sucesso. O CLS insere dados relevantes de pesquisas, relatórios, financeiros e outras fontes e então revisa o balanced scorecard trimestralmente e anualmente para determinar se as ações estratégicas foram eficazes para alcançar os objetivos do CLS.

Os Serviços de Vida no Campus da UCSF utilizam seu balanced scorecard para ajudar a atrair e reter estudantes talentosos e motivados com sucesso. Para mais informações, clique em www.ucsf.edu.

Navegação:

A UC Berkeley Enfatiza o Trabalho em Equipe Com o Balanced Scorecard

Balanced Scorecard da UC BerkeleyA iniciativa “Nosso Balanced Scorecard” da University of California Berkeley apresentada nos Serviços de Negócios e Administração em 1999, utiliza contribuições de funcionários para desenvolver um balanced scorecard que foca no uso eficaz de recursos e processos. Cada unidade de negócio determina seus objetivos críticos e então define as métricas que melhor representarão o progresso da unidade. A implementação “definida pela equipe” permite que os tomadores de decisão da escola trabalhem juntos para criar um balanced scorecard abrangente.

Por exemplo, a unidade de serviço ao consumidor da Berkeley enfatiza o uso dos ativos da escola, como sua equipe de especialistas, excelente estrutura e processos bem-definidos para melhorar a qualidade dos serviços oferecidos pela escola. O balanced scorecard quantifica KPIs ao calcular os relacionamentos entre resultados positivos de pesquisas com consumidores e os custos de operação dos serviços.

O balanced scorecard da Berkeley também monitora as melhorias no processo da universidade utilizando as metodologias dos Princípios Lean e Seis Sigma.

Os cálculos de KPIs são uma forma na qual os administradores quantificam o sucesso de várias iniciativas processuais e determinam se os objetivos serão alcançados dentro do prazo. O scorecard também fornece uma análise detalhada da produtividade e ressalta áreas que precisam de melhorias para alcançar objetivos importantes.

A University of California Berkeley combina o balanced scorecard com princípios estabelecidos de gestão para criar um plano de crescimento detalhado. O balanced scorecard fornece dados concretos aos administradores para assegurar que a escola está progredindo de forma adequada em direção aos seus objetivos. Para aprender mais sobre a UC Berkeley, clique aqui.

Navegação:

O Balanced Scorecard Melhora o Serviço na CSU

Balanced Scorecard da CSUA Divisão de Negócios e Finanças da California State University (CSU) depende em seu balanced scorecard para avaliar tudo, desde a eficácia da liderança ao uso progressivo de tecnologias. Indicadores Chave de Performance (KPIs) ajudam a CSU a determinar o progresso da universidade em direção ao objetivo de fornecer um serviço de alta qualidade aos estudantes, ex-alunos e parceiros externos da CSU.

A universidade coleta dados por meio de registros financeiros e pesquisas.

Estes dados são inseridos no balanced scorecard, que utiliza métricas definidas para calcular o nível de eficácia na gestão de recursos e serviço a consumidor em relação aos objetivos da universidade.

Entre as KPIs do serviço ao consumidor, os indicadores da CSU incluem itens como a seleção no menu da lanchonete, condições do estacionamento e visibilidade da equipe de segurança. Os KPIs financeiros incluem, entre outros, pagamentos a tempo, adjudicações e até mesmo cortesia dos funcionários. Orçamentos, construção de capital e tecnologia da informação também são monitorados.

Adicionalmente, a CSU utiliza seu balanced scorecard para determinar como parceiros externos enxergam a responsividade da universidade aos problemas. Indicadores em relação à aprovação de fontes externas dos métodos de resolução de problemas e esforços de comunicação ajudam a escola a saber que áreas precisam melhorar.

Utilizando estes vários KPIs, a CSU criou um balanced scorecard que de fato representa o progresso da universidade em direção aos seus objetivos principais. Ele fornece à Divisão de Negócios e Finanças as informações necessárias para tomarem um papel de liderança na hora de guiar a universidade em direção ao crescimento e sucesso. Visite www.calstate.edu para aprender mais sobre a CSU.

Navegação:

A Educação Romena Utiliza um Planejamento de Balanced Scorecard Inovador

Balanced Scorecard de Educação” width=Um consórcio de pesquisa em educação superior da Romênia iniciou o processo de desenvolver e implementar um balanced scorecard para aumentar a qualidade do sistema de educação superior público do país. Este complexo programa de pesquisa, planejamento e implementação ajudará a organização a determinar a melhor estrutura para o seu sistema de balanced scorecard.

O programa está dividido em três objetivos. Cada objetivo terá uma função-chave à medida em que o consórcio desenvolve um balanced scorecard focado em melhorar a experiência educacional romena.

Objetivo 1: Analisar a eficácia do balanced scorecard em implementações de educação superior já existentes.

Na primeira parte deste projeto, o consórcio romeno de pesquisas revisará como o balanced scorecard está sendo utilizado em outros sistemas públicos de educação superior pelo mundo. Os pesquisadores revisarão as estratégias gerais de administração de outras instituições, incluindo objetivos de qualidade, financeiros e procedimentos operacionais. Uma vez que o consórcio obtiver um entendimento claro do programa de cada sujeito, os pesquisadores então avaliarão como o sistema de balanced scorecard melhorou a habilidade de cada uma destas instituições de ensino superior de alcançarem seus objetivos.

Objetivo 2: Avaliar o benefício que um sistema de balanced scorecard terá para o sistema público de educação superior romeno.

Este objetivo foca na avaliação do uso do scorecard na estrutura educacional romena. Os resultados obtidos no Objetivo 1 serão distribuídos por publicações no site, apresentação, artigos e jornal acadêmico. Os administradores serão encorajados a avaliarem os resultados da pesquisa e a fornecerem feedback sobre o projeto.

Após os administradores terem a oportunidade de avaliar o programa do balanced scorecard, o consórcio então coletará as respostas dos administradores por meio de uma enquete e grupo focal. Se a pesquisa indicar que um balanced scorecard pode ser utilizado com eficácia para melhorar a educação superior pública da Romênia, os pesquisadores então criarão teorias práticas e avaliarão os resultados esperados para cada uma.

Objetivo 3: Desenvolver um modelo de balanced scorecard e testá-lo em nos principais ambientes acadêmicos romenos.

Na terceira porção do projeto de pesquisa, o consórcio trabalhará com quatro grandes universidades romenas para desenvolver um balanced scorecard para a implementação do teste. Um mapa estratégico customizado será desenvolvido para cada escola e Indicadores Chave de Performance (KPIs) serão identificados. As metas de valores serão estabelecidas e o balanced scorecard será construído. Usuários potenciais então avaliarão a precisão e utilidade do mapa estratégico e KPIs na gestão da educação superior pública.

Finalmente, algumas grandes universidades romenas serão selecionadas como instituições-piloto para implementar e testar o sistema de balanced scorecard. Cada universidade fornecerá feedback sobre suas áreas de sucesso ou dificuldade e o consórcio irá comparar os resultados para determinar que balanced scorecards foram mais eficazes. Utilizando estas implementações de pilotos, o consórcio então desenvolverá um balanced scorecard padrão para ser utilizado na administração de todas as instituições públicas de ensino superior da Romênia.

O programa dividido em três partes para avaliar e implementar um balanced scorecard ajuda a assegurar o sucesso nesta iniciativa de educação nacional. Ao cuidadosamente estabelecer os objetivos do programa e preparar um plano estruturado para implementação, o consórcio romeno poderá ter certeza de que cada escola irá se beneficiar com este programa inovador de gestão de universidades.

Navegação:

A Cal Poly Utiliza o Balanced Scorecard para Aprimorar Estratégias de Relações Públicas

Balanced Scorecard da Cal Poly” width=A University of California Polytechnic Institute (Cal Poly) combina o balanced scorecard com métodos tradicionais de gestão para representar o sucesso de atividades de relações públicas (PR) com maior precisão. Ao definir métricas para avaliar as áreas intangíveis, a Cal Poly consegue determinar com sucesso se os esforços de PR estão contribuindo com o crescimento e sucesso da escola.

A Cal Poly utiliza o balanced scorecard como uma forma de quantificar os relacionamentos entre atividades atuais de relações públicas e os objetivos de longo prazo. As métricas para os processos e estratégias de PR são definidas com relação aos objetivos da universidade, ilustrando claramente como os esforços cotidianos de PR apoiam os objetivos da universidade em geral.

O balanced scorecard também ajuda com o fluxo de comunicação da Cal Poly entre a gestão de nível sênior e júnior e entre vários departamentos da universidade. O scorecard quantifica e resume dados importantes, o que facilita a cooperação entre departamentos para resolver problemas e melhorar as atividades da universidade.

Os diretores de PR da Cal Poly também utilizam o balanced scorecard para ajudar a justificar necessidades orçamentárias. O scorecard fornece dados concretos para apoiar mudanças no orçamento e explicar a necessidade de maiores gastos. Isto ajuda a demonstrar à gestão sênior o valor que as atividades de PR agregam à instituição.

O Departamento de Relações Públicas da Cal Poly utiliza o balanced scorecard para assegurar de que todos os membros da equipe estejam trabalhando juntos de forma eficaz para alcançar os objetivos da universidade. Para aprender mais, visite www.csupomona.edu.

Navegação:

O Balanced Scorecard Ajuda Distrito Escolar da Georgia a Alcançar Seus Objetivos

Balanced Scorecard do Monroe CountyO superintendente Scott Cowart decidiu implementar um balanced scorecard para o Monroe County, um distrito escolar da Georgia, após receber más avaliações da diretoria estadual de educação. O Monroe County utiliza seu balanced scorecard para avaliar com precisão se as escolas estão alcançando os objetivos necessários para contribuir com os objetivos educacionais do distrito.

O progresso da escola é tradicionalmente monitorado por meio de pontuações de exames padronizados e taxas de graduação. No entanto, quando o sistema escolar do Monroe County começou a ficar aquém das expectativas, o distrito desenvolveu uma maior variedade de Indicadores Chave de Performance (KPIs) para identificar melhor as áreas que estavam contribuindo para a má performance dos estudantes. As funções fornecidas pelo distrito, como o programa de refeições escolares e transporte, também foram incluídos no balanced scorecard do distrito.

Um método de codificação por cores vermelha-amarela-verde permite que os diretores e administradores rapidamente identifiquem as áreas que precisam de atenção. O superintendente e a diretoria da escola possuem as informações necessárias para responsabilizar os diretores quando os objetivos não são alcançados.

O balanced scorecard do Monroe County também aumentou a transparência dos esforços de melhoria da escola e criou maior confiança entre os membros da comunidade. A escola publica o balanced scorecard semanalmente para que os pais, professores, administradores e líderes comunitários possam ver os resultados atuais.

O balanced scorecard do distrito escolar Monroe County combina os objetivos acadêmicos e os objetivos operacionais para assegurar que cada criança receba a melhor educação possível. Leia o relatório completo no site da Associação Americana da Administradores Escolares.

Navegação:

A UW se Prepara Para Emergências Com um Balanced Scorecard

Os Serviços de Instalações da Universidade de Washington (UW) construiu seu balanced scorecard para medir a eficiência da Estratégia de Gestão de Emergência da universidade. Utilizando o balanced scorecard, a UW avalia a eficácia do uso de seus recursos para a preparação contra um possível desastre e quão bem eles fornecem seus serviços em caso de emergência.
O mapa estratégico da UW identifica três objetivos primários para seu balanced scorecard de Gestão Emergência:

  1. Estabelecer uma forte base de recursos
  2. Entregar os melhores serviços e performance
  3. Servir a universidade e a comunidade

Ao monitorar os Indicadores Chave de Performance (KPIs) apropriados para cada um destes três objetivos, o objetivo da UW é desenvolver um plano para reduzir o impacto de desastres na universidade. A UW também espera fornecer uma estrutura que outras universidades possam adotar para melhorar sua preparação contra emergências.

A UW publica seus resultados do balanced scorecard no site da universidade para que os stakeholders possam ver o progresso da unidade. Dos 16 KPIs definidos no balanced scorecard da UW, apenas uma medida não alcançou ou chegou perto da meta. Alguns valores de KPIs indicam que a UW excedeu seus objetivos de performance de forma significativa, como Entregar Serviço (+7%), Processos Atuais Melhorados (+5.5 pontos) e Número de Novos Membros no Sistema de Alertas da UW (+260%).

Os Serviços de Instalações da UW criaram um balanced scorecard para assegurar que eles possam servir a universidade e a comunidade com sucesso durante uma emergência. Para ver o balanced scorecard da UW e revisar os resultados, veja

www.washington.edu.

Navegação:

O Balanced Scorecard da UCSD Valoriza Sua Comunidade


A University of California San Diego (UCSD) é renomada por ser a primeira universidade a implementar um balanced scorecard para melhorar a performance e monitorar o progresso em relação aos seus objetivos. Com quase 20 anos de experiência com o sistema do balanced scorecard, a UCSD proou que o balanced scorecard é um método eficaz de medição da performance de universidade.

Além das perspectivas típicas (financeira, operações e serviço ao consumidor), o balanced scorecard da UCSD utiliza a perspectiva de Inovação e Aprendizado para focar no bem-estar dos funcionários da universidade. Todos os tipos de funcionários da universidade estão representados, desde contabilidade aos serviços de transporte.

Os Indicadores Chave de Performance (KPIs) para a perspectiva de Inovação e Aprendizado consistem da percepção dos funcionários da universidade da escola como um local de trabalho. KPIs como o Bom Uso de Habilidades permitem que os funcionários indiquem se os seus talentos estão sendo alocados com eficácia, enquanto outros como Sente-se Valorizado mostram quão bem a gestão se comunica com os funcionários.

Perspectivas típicas também foram bem desenvolvidas no balanced scorecard da UCSD. A satisfação dos estudantes com todas as áreas de operação da universidade é quantificada e medida. Os dados de processos internos e informações financeiras possuem KPIs cuidadosamente definidos para uma análise precisa. Os resultados são organizados em gráficos e diagramas para uma fácil visualização.

Desde 1993, a UCSD tem utilizado seu balanced scorecard para medir resultados de performance e avaliar o progresso em direção aos objetivos da universidade de forma eficaz. Visite o site da UCSD para aprender mais sobre este projeto pioneiro no uso do balanced scorecard para a administração educacional.

Navegação:

O Balanced Scorecard da UVM Balanced Scorecard Melhora a Gestão Financeira


A Divisão de Serviços Financeiros e Corporativos da Universidade de Vermont (UVM Finance) recentemente concluiu a criação de um balanced scorecard. Esta implementação irá assegurar que as estratégias da unidade contribuem com o sucesso geral da universidade.

O projeto de desenvolvimento do balanced scorecard, cuja conclusão foi agendada para o final de 2010, foca em áreas de gestão de recursos e qualidade dos serviços. Estes temas estratégicos permitirão que a unidade alcance seu objetivo principal de apoiar os objetivos acadêmicos da universidade.

A UVM Finance identificou dezesseis objetivos estratégicos para alcançar estes objetivos a longo prazo. O comitê de desenvolvimento então selecionou nove destes objetivos como alvos de alta prioridade para o ano fiscal de 2011.

Cada objetivo foi atribuído a um Líder Sênior, que por sua vez era responsável por desenvolver os Indicadores Chave de Performance (KPIs) que representariam seu progresso em direção ao objetivo. Ao identificar e empoderar os líderes da UVM Finance que eram mais qualificados para avaliar os KPIs de cada objetivo, a UVM pôde ter certeza de que as métricas definidas eram precisas e realistas.

A coleção de dados está agendada para começar durante o ano fiscal de 2011 e os resultados iniciais do balanced scorecard serão apresentados de forma regular à liderança e stakeholders da universidade. a UVM Finance também pode publicar um relatório anual sobre seu progresso com o sistema do balanced scorecard para promover maior transparência.
Visite o site da UVM para aprender mais sobre a escola e seguir seu uso do novo sistema de balanced scorecard.

Navegação:

Critérios Baldridge Tornam os Balanced Scorecards das Universidades Eficazes


De acordo com um estudo publicado pela Southeast Missouri State University (SEMO), os Critérios Baldridge de Educação Para Excelência de Performance (BECPE) pode fornecer melhorias significativas para os resultados de performance da universidade quando utilizados para desenvolver um balanced scorecard.

O BECPE se encaixa em sete categorias: Liderança, Planejamento Estratégico, Estudantes/Stakeholders, Análise, Funcionários, Gestão de Processo e Resultados de Performance. Ao escolher Indicadores Chave de Performance (KPIs) para cada uma destas categorias para construir um balanced scorecard, uma universidade pode criar um mapa estratégico detalhado para a gestão de crescimento.

Ao contrário de estruturas de negócio, a eficiência interna possui um papel muito mais importante no sucesso de uma universidade do que esforços de vendas externas ou distribuição. O balanced scorecard do BECPE utiliza KPIs que são ponderados para refletir a importância da eficácia processual.

O modelo BECPE também inclui KPIs para padrões éticos e percepção pública. para universidades, uma opinião pública positiva sobre a universidade impacta tudo, desde o número de matrículas a convites para pesquisas colaborativas. Dados de enquetes voluntárias e resultados de programas podem ser quantificados em um balanced scorecard para ajudar a avaliar o sucesso dos esforços de relações públicas de uma universidade.

Ao desenvolver um balanced scorecard utilizando o BECPE, as principais universidades podem se assegurar de que todos os aspectos da gestão estão sendo representados. Leia o relatório completo aqui. Você também pode visitar o site da SEMO para aprender mais.

Navegação:

O Balanced Scorecard dos Serviços de TI da UAA É Bem-Sucedido

Os Serviços de TI da University of Alaska Anchorage (UAA IT) implementou um balanced scorecard para avaliar a performance da unidade e seu progresso em relação aos objetivos. A UAA IT decidiu adotar o Sistema de balanced scorecard para criar uma medida de contabilidade e planejamento estratégico na universidade que fosse comparável à do setor corporativo privado.

Para cada perspectiva de um balanced scorecard padrão – Financeira, Cliente, Processos Internos e Aprendizado e Crescimento – a UAA IT identificou dois Indicadores Chave de Performance (KPIs) para monitorar as atividades. Os KPIs quantificam quão bem a UAA IT está gerindo os recursos da universidade e quão satisfeitos os usuários estão com os serviços fornecidos.

A UAA IT também desenvolveu um site interativo onde todos os visitantes podem ver o balanced scorecard do departamento e ver os valores atuais de performance. Os dois KPIs de cada perspectiva são representados em uma escala com áreas verdes, amarelas e vermelhas. Os valores atuais são indicados com um indicador móvel na escala, permitido que qualquer visitante veja em que áreas a UAA IT está alcançando seus objetivos de performance e que áreas estão falhando. Visitantes também podem clicar nos indicadores para abrir gráficos adicionais para uma análise mais detalhada.

Os Serviços de TI da UAA utilizam o balanced scorecard para alcançar objetivos de serviço e recursos no programa de gestão de tecnologia da universidade. Visite o balanced scorecard interativo da UAA IT no site www.uaa.alaska.edu.

Navegação:

A Wayne State Implementa Novo Balanced Scorecard de TI


A Wayne State University (Wayne State) recentemente lançou seus primeiros resultados do seu balanced scorecard de Serviços de Computação e TI (C&IT) que foi recentemente implementado. O scorecard utiliza dados históricos e resultados de pesquisas para a análise da performance da unidade nos últimos dois anos.

O propósito do balanced scorecard de C&IT da Wayne State é fornecer uma medição realista e passível de revisão do nível de serviço de TI que a unidade está fornecendo aos estudantes, funcionários e membros da comunidade. Ao coletar resultados mensais de pesquisas feitas com usuários do serviço de TI, o C&IT pode quantificar fatores como a percepção do usuário para determinar que áreas de performance precisam de maior atenção.

Os Indicadores Chave de Performance (KPIs) incluem itens como disponibilidade do sistema, prontidão de resposta para solicitações de serviço e níveis de satisfação do consumidor. Um valor-alvo para cada KPI é estabelecido, que requer um número específico de avaliações positivas nas enquetes.

O C&IT da Wayne State C&IT publicou seus resultados para quatro áreas estratégicas, assim como uma revisão geral de performance. Para tornar facilitar a análise do balanced scorecard, gráficos e tabelas representam os valores-alvo e resultados de performance. Os critérios de análise são fornecidos com cada gráfico e mais dados históricos também podem ser acessados.

Veja os resultados de performance do C&IT da Wayne State e aprenda mais sobre seu balanced scorecard no site da Wayne State.
Navegação:

O Balanced Scorecard da Biblioteca da Uva Melhora a Gestão de Coleção


Por quase uma década, a Biblioteca da Universidade de Virginia (UVa) tem utilizado um balanced scorecard para promover seu crescimento e gestão eficaz da coleção e recursos da biblioteca. A aplicação singular da Biblioteca da UVa demonstra a flexibilidade de um sistema de balanced scorecard bem desenvolvido.

Os objetivos primários da Biblioteca da UVa incluem uma alta taxa de satisfação dos estudantes e funcionários, uso eficiente dos recursos da biblioteca, crescimento adequado para atender às necessidades da universidade e excelente performance da equipe. A Biblioteca da UVa escolheu métricas que melhor representaram fatores envolvidos na operação bem-sucedida de uma biblioteca acadêmica. Indicadores Chave de Performance (KPIs) incluem itens como rotatividade, preservação da coleção, doações irrestritas e diversidade da equipe.

Em 2002, o ano inicial dos dados do balanced scorecard, a biblioteca teve uma taxa de sucesso de menos de 50% para quase todas as áreas identificadas como essenciais para o sucesso estratégico. No entanto, nos anos após a implementação do balanced scorecard, a biblioteca mostrou uma melhoria estável em seus resultados. Quase todas as áreas monitoradas no balanced scorecard mostram uma melhoria no ano operacional de 2009: a perspectiva de Processos Internos mais que dobrou sua taxa de performance.

A Biblioteca da UVa é um exemplo excelente da implementação de um balanced scorecard no ambiente acadêmico. Para aprender mais, visite o site da Biblioteca da UVa.

Navegação:

A MO SBTDC Treina Pequenos Negócios a Utilizarem o Balanced Scorecard


A organização Missouri Small Business and Technology Development Centers (MO SBTDC) desenvolveu um programa de treinamento para ajudar pequenos empresários e gestores a desenvolverem e implementarem um balanced scorecard eficaz.

O programa da MO SBTDC é dividido em três sessões de duas horas, cada uma focando em uma parte específica do processo de desenvolvimento de nove passos. Na primeira sessão, os empresários e gerentes definem os objetivos estratégicos de suas empresas e começam a selecionar as medidas para os Indicadores Chave de Performance (KPIs).

Na segunda sessão, os estudantes do curso avaliarão os objetivos selecionados para determinar quais são críticos para o sucesso do negócio. Após os objetivos críticos serem definidos nas Sessões 1 e 2, a Sessão 3 dá exemplos aos empresários de métodos sugeridos para implementar KPIs em um balanced scorecard para alcançar os objetivos identificados.

O MO SBTDC também oferece documentação online gratuita para ajudar pequenos empresários a aprenderem mais sobre o conceito do balanced scorecard e seu uso ao medir a performance e crescimento do negócio. Uma lista de Leituras Recomendadas sugere outras fontes onde empresários podem obter mais informações e orientação.

O programa de balanced scorecard do MO SBTDC ajuda pequenos empresários a aproveitarem este sistema de gestão de performance.

Navegação:

O Balanced Scorecard da Universidade de Akron Está Traçando Cursos


A Universidade de Akron (Akron) utiliza seu balanced scorecard para ajudar com o objetivo da universidade de ser reconhecida como uma das melhores instituições públicas de pesquisa. A iniciativa do balanced scorecard da universidade, chamado Traçando o Curso foi desenvolvida para ajudar a escola a definir e alcançar objetivos de liderança.

O balanced scorecard da Akron foi desenvolvido para ajudar a alcançar seu objetivo primário de estabelecer a escola como uma líder em pesquisa pública. Para apoiar este objetivo principal, uma experiência estudantil melhorada, atividades acadêmicas de renome nacional e o uso eficaz dos recursos da universidade também possuem papeis essenciais.

A Akron criou um mapa estratégico que organiza os passos necessários para alcançar estes objetivos. As estratégias chave como melhorias no campus e posicionamento de mercado foram definidas e os resultados desejados foram estabelecidos. Uma vez que o mapa estratégico foi concluído, os Indicadores Chave de Performance (KPIs) foram escolhidos para representar o progresso da universidade em relação a estes objetivos estratégicos.

Os KPIs utilizados no balanced scorecard da Akron foram divididos em quatro categorias essenciais: Descoberta e Inovação, Enriquecimento Cultural, Bem-estar da Comunidade e Desenvolvimento Econômico. O balanced scorecard da universidade combina dados coletados de pesquisas, resultados de pesquisas e dados financeiros para apresentar uma representação exata da performance da Akron.

A iniciativa “Traçando o Curso” da Universidade de Akron ajuda a escola a avaliar seu progresso em relação ao seu objetivo de alcançar prominência na área de pesquisa pública no norte de Ohio. Leia mais sobre os esforços da Universidade de Akron em www.uakron.edu.

Navegação:

O Relatório do Rutgers Forum Apoia o Balanced Scorecard Para Educação


Os Indicadores de Excelência Educacional vão além das medidas financeiras e operacionais tradicionais para criar uma visão mais ampla e proativa do crescimento de instituições de educação superior. Ao quantificar fatores importantes como eficácia do curso e percepção da universidade, o balanced scorecard pode representar o progresso da instituição em relação aos seus objetivos com precisão.

Indicadores de educação superior tradicionais focam principalmente nos números de matrícula e carga de trabalho dos funcionários. Embora estas áreas sejam importantes, elas não fornecem um cenário completo da performance da instituição, já que enfatizam o que já foi alcançado em vez dos objetivos da universidade.

Os Indicadores de Excelência são utilizados para construir um balanced scorecard que possui uma visão mais ampla do sucesso da universidade. Neste sistema, os Indicadores Chave de Performance (KPIs) se encaixam em cinco categorias: Aprendizado/Ensino, Serviço/Alcance, Subsídios/Pesquisa, Satisfação no Local de Trabalho e Financeira.

Tradicionalmente, os indicadores de Ensino e Aprendizado são quantificados utilizando um sistema de contagem do número de cursos e estudantes matriculados. Em vez disso, o sistema de Indicadores de Excelência avalia a eficácia dos cursos com base nas avaliações do corpo docente e estudantes. O corpo docente pode completar enquetes que avaliam a qualidade da estrutura do curso ou expertise do instrutor. Os estudantes podem avaliar os métodos do instrutor ou a utilidade do currículo. Estas avaliações são ponderadas e resumidas no balanced scorecard para fornecer um entendimento de quão bem a estrutura acadêmica da universidade está sendo traduzida em sucesso estudantil.

Os Indicadores de Excelência de Serviço e Alcance lidam com as percepções das unidades da universidade e contribuições aos membros externos da comunidade. Por exemplo, o nível de envolvimento dos ex-alunos em programas escolares, incluindo doações e presença em eventos, é uma forte indicação da satisfação dos ex-alunos com a experiência universitária. O número de convites do corpo docente para participarem em comitês de dissertação pode estabelecer a reputação da universidade como uma forte influência acadêmica. Uma imagem positiva da universidade impacta quão bem ela consegue atrair estudantes e professores renomados, que são fatores essenciais para a performance da universidade.

Outra área de Indicadores de Excelência, Subsídios e Pesquisa, também define como a universidade é percebida pela comunidade acadêmica em geral. Publicações frequentes de artigos e pesquisas em jornais acadêmicos renomados indicam que os membros do corpo docente da universidade são respeitados em suas áreas. O nível de financiamento de pesquisas obtido oferece uma visão de como fontes externas percebem os pesquisadores da escola.

Os Indicadores de Excelência de Satisfação no Local de Trabalho incluem a percepção dos funcionários da universidade, incluindo o nível de remuneração, moral dos funcionários e clima em geral. A satisfação com a universidade possui um papel importante tanto para reter funcionários atuais quanto para atrair novos membros do corpo docente.

Finalmente, os Indicadores de Excelência Financeira quantificam o fluxo de fundos entrando na universidade, saindo da universidade e entre unidades de operação. Estes KPIs podem ser estabelecidos no nível individual da unidade e no nível da universidade.

O objetivo primário desta estrutura dos Indicadores de Excelência para o balanced scorecard é melhorar a performance da escola como a instituição preferida para estudantes promissores e mentes brilhantes do âmbito acadêmico. Ao manter uma medida precisa do progresso em relação aos objetivos estratégico, ao mesmo tempo em que mantêm seus objetivos financeiros e de matrícula, as universidades podem criar uma estratégia responsável para seu sucesso.

Visite a Wisconsin University ou Rutgers University para aprender mais sobre pesquisas sobre balanced scorecards em ambientes acadêmicos. Para ler o relatório completo do Fórum de Educação Superior Rutgers, clique aqui.

Estudo de Caso do BSC Designer:

  • Ensinar o conceito do Balanced Scorecard com o BSC Designer tem sido bastante fácil.Escola de Gestão da Universidade San Pedro Sula, Honduras. Ler mais…
  • Utilizando o Balanced Scorecard para Apoiar a Tomada de Decisões. Hellenic Open University, Grécia. Ler mais…
  • Planejamento e Gestão Estratégica: Alternativa ao Excel.Escola de Negócio e Telecomunicações Aegis, Índia. Ler mais…
  • Transformando Palavras em Ação Com o Balanced Scorecard.Universidade de Salvador, Argentina. Ler mais…
  • Escolha a Aplicação do Balanced Scorecard (BSC).Universidade Ifrane, Marroco. Ler mais…
  • Apresente o Balanced Scorecard da Universidade com Slides do PowerPoint.Universidade King Saud, Arábia Saudita. Ler mais…
  • O Balanced Scorecard no treinamento virtual de gestão de empresas.” SVM, Chile Ler Mais…
  • Um Balanced Scorecard Bem-Sucedido Está Relacionado com Medidas e Performance.National Institute of Technology, Índia. Ler mais…
  • Uso sugerido do software BSC Designer em uma organização governamental para medir e reportar KPIs e o Balanced Scorecard.Universidade de Morelos, México. Ler mais…

Modelo de Scorecard para Universidade

Veja as melhores práticas para desenvolver scorecards para universidades e medir vários aspectos de performance com Indicadores Chave de Performance (KPIs) Saiba mais…

Um exemplo de mapa estratégico para uma universidade

University Scorecard
Inscreva-se com um plano grátis para acesso imediato aos 28 modelos de scorecards, incluindo University Scorecard.

Um exemplo dos principais processos em uma universidade
Um exemplo de mapa estratégico para uma universidade
Exemplos de KPIs para uma universidade
Scorecard de Universidade
Inscreva-se com um plano grátis para acesso imediato aos 28 modelos de scorecards, incluindo Scorecard de Universidade.
Posted in Artigos